Porque é que a tecnologia móvel é essencial para o futuro da sua empresa?

O boom nas compras online via smartphone não tem precedentes. Em 2020, quatro em cada dez compras pela Internet em Espanha foram feitas através de dispositivos móveis, e não há indícios de que esta situação diminua. Este tem sido um desafio para as empresas que demoram mais a renovar, principalmente em épocas como as festas de fim de ano, quando há um boom nas compras pela Internet. E é que, atualmente, o consumidor espera receber uma experiência personalizada através de qualquer tipo de canal ao qual se conecte, bem como uma interação remota que atenda as suas demandas sem nenhum tipo de fissura.

Esaú Alonso, Country Manager da Couchbase para Espanha e Portugal

Consequentemente, é fundamental que as empresas invistam em tecnologias que lhes permitam oferecer experiências únicas aos clientes que usam a web e o telemóvel. Esta situação é especialmente relevante no mercado saturado de hoje, onde fornecer recursos móveis atraentes pode ser o fator diferencial, levando a novas oportunidades de geração de receita. E é muito provável que as organizações que não atendam a essas condições tenham o seu ROI reduzido ou fiquem desatualizadas em relação à concorrência.

Experiências positivas através da tecnologia móvel tornam-se uma aposta das empresas mais vanguardistas

Nos últimos anos, empresas de diversos setores têm percebido a importância da adoção de estratégias mobile. Um exemplo claro disso é o setor bancário. Um relatório da Forrester Research revelou que um grande número de consumidores está frustrado porque a sua app bancária não possui as mesmas funcionalidades no seu site e app (por exemplo, funções de orçamento e economia).

A maioria dos utilizadores espera que o mobile banking seja fluido e que os serviços oferecidos sejam iguais aos da banca de sucursal ou a banca pela Internet. No entanto, muitos clientes expressaram o seu desconforto em relação aos obstáculos que enfrentam ao usar a sua app ou realizar diferentes operações, como concluir transações. Esta situação tem levado os utilizadores a optarem, cada vez mais, por bancos digitais como o Monzo ou o Revolut, que contam com apps altamente inovadoras e que não são prejudicadas por tecnologias desatualizadas, pensadas justamente para tornar a vida do utilizador cada vez mais fácil.

Da mesma forma, no setor de retalho, os clientes também não estão satisfeitos com a sua experiência móvel. Os utilizadores são frequentemente solicitados a preencher registos longos desnecessariamente ou a criar uma conta em sites que são difíceis de navegar num dispositivo móvel. Para além disso, não é incomum que estas empresas que não estão na vanguarda digital ofereçam opções de pagamento limitadas e solicitem que os utilizadores forneçam informações que já compartilharam em diversas ocasiões.

Para criar uma base de clientes estável, as empresas devem investir em boas apps móveis. Isso é demonstrado por um relatório da PwC , segundo o qual quase três em cada cinco consumidores não voltam a utilizar apps onde tiveram experiências de compra más, e 17% admitem que o fazem depois de apenas uma experiência má. Se os dispositivos móveis não tiverem a prioridade necessária, as empresas correm o risco de perder até um quinto da sua base de clientes num único dia.  

A experiência do cliente vem em primeiro lugar

Toda esta situação mostra que as empresas precisam de melhorar a sua abordagem aos dados para garantir que a experiência móvel corresponde à oferecida pela web. Como tal, eles devem considerar a adição de uma plataforma de banco de dados móvel ágil e segura. Isso não apenas melhorará o desempenho, a escalabilidade e a disponibilidade da app, mas também permitirá que as equipas de DevOps criem apps móveis novas e dinâmicas que trazem uma vantagem competitiva para as organizações.

Para além disso, um banco de dados móvel adequado também fornecerá recursos offline para apps, oferecendo uma experiência satisfatória mesmo em locais onde a conexão com a Internet pode ser instável. Desta forma, um processo de compra ainda mais fluido e positivo é garantido em cada um dos pontos de contacto.

Aproveite ao máximo todas as oportunidades que o acesso remoto oferece

Tirar proveito dos recursos offline ao projetar apps móveis abre a porta para oportunidades infinitas. Um exemplo claro disso é a ferramenta desenvolvida pela empresa de tecnologia médica SyncThink, que é capaz de avaliar em tempo real as lesões de pessoas que realizam trabalhos físicos muito exigentes, como soldados ou atletas. 

Aproveitando um banco de dados móvel integrado, a app é capaz de funcionar offline – mesmo em áreas com baixa conectividade à Internet, como estádios desportivos lotados – permitindo que os médicos identifiquem e tratem as lesões conforme elas ocorrem.

As experiências móveis vieram para ficar 

O uso do telemóvel só vai crescer. E com um número cada vez maior de consumidores a interagir com marcas através de apps móveis, as organizações que não investem nas suas estratégias móveis ficarão para trás em relação à concorrência. 

Se a experiência móvel for incompleta em comparação com os sites, eles afastarão os clientes atuais e potenciais. É por isso que as empresas de hoje devem adotar tecnologias que permitam aos developers criar apps móveis inovadoras, escaláveis, sempre disponíveis e fáceis de usar.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top