O website do Parlamento sofreu um ciberataque no passado domingo, dia de eleições. Desde então, o website esteve offline durante toda a segunda-feira para investigar possíveis danos que os hackers possam ter feito. Fonte da Assembleia da República afirmou que «ainda não foi possível confirmar se houve acesso às bases de dados mais sensíveis do website.»

Os hackers intitularam-se de Lapsus Group e asseguram que obtiveram informação pessoal de políticos através deste ataque. Numa conta de Telegram que costuma utilizar, o grupo veio entretanto desmentir ser o autor do ataque.

Lapsus Group afirma ter atacado site parlamento

De acordo com a Sapo Tek, na mensagem dos hackers foi referido o acesso à rede do Parlamento, tendo acedido a informações sensíveis de deputados, partidos políticos, documentos, emails, configurações de email, passwords e outros.

Segundo João Amaral, o diretor de comunicação do Parlamento, «era necessário bloquear esses acessos, pelo que o site está voluntariamente em baixo”. Afirmou ainda que o website do Parlamento não tinha qualquer dado sensível diretamente, mas “isso não significa que não possam, através do site, entrar noutras bases dados onde, aí sim, existem dados mais sensíveis”.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba