O Amazon Prime Day nasceu em 2015 para celebrar o vigésimo aniversário da Amazon e, devido ao seu sucesso, foi decidido estendê-lo com o objetivo de se tornar um evento de referência no âmbito do comércio eletrónico. O Amazon Prime Day representa uma grande oportunidade de gerar um elevado número de vendas num curto espaço de tempo.

Este ano, devido à pandemia da COVID-19 , e a fim de evitar problemas de gestão e disponibilidade logística, o Prime Day foi adiado (sem uma data oficial), mas muitos analistas prevêem que 2020 será um dos anos mais competitivos e com o maior volume de vendas, pelo queo correcto planeamento e preparação do ‘Prime Day’ são fundamentais.


A seguir, explicamos detalhadamente como tirar o máximo partido de planear do Prime Day 2020.

1. Assegura que tens todo o catálogo optimizado

Optimizar a posição nos motores de busca ou SEO da Amazon significa, em última análise, que os consumidores vão ter mais probabilidade de clicar no ASIN e comprar os produtos, uma vez que estes vão aparcer muito mais cedo nos resultados de pesquisa da Amazon e, esperemos, antes das entradas dos concorrentes.

  • Não utilizar os 200 caracteres fornecidos pela Amazon. Tente condensá-lo a um máximo de 80 caracteres para que a entrada seja limpa e fácil de seguir.
  • Menos é mais. Manter o título tão minimalista quanto possível, ou seja, o título só deve tornar o produto suficientemente identificável para que os compradores possam clicar na página.
  • Evite escrever tudo em letras maiúsculas. Capitalizar a primeira letra de cada palavra, excepto para preposições como «y».
  • Utilizar números: por exemplo: «2» e não «dois».
  • Evitar símbolos ASCII tais como © ou ®.
  • As variações de tamanho e cor dos títulos devem ser incluídas nos ASINs secundários, não nos ASINs primários

2. Planeia a campanha publicitária para tirar o máximo partido

Prime Day é sinónimo de tráfego garantido e, com mais tráfego, há mais concorrência -o que resulta num CPC (Cost per Click) mais elevado nas campanhas. O planeamento da distribuição do orçamento e da estratégia de licitação é a chave para ter as campanhas activas a 100% do tempo. É importante ter em mente que os utilizadores tendem a passar mais perto do fim do Prime Day na esperança de encontrar melhores promoções, por isso é fundamental manter uma presença constante e impedir que os concorrentes tirem partido do seu trabalho anterior.

3. Programa para ter o inventário disponível

É fácil ver o Prime Day como um evento que tem impacto apenas no orçamento de vendas e publicidade, no entanto, a gestão do inventário é um elemento chave para o sucesso das vendas do Prime Day. Os vendedores da FBA devem planear e ter o stock disponível nos centros logísticos da Amazon. Se for um vendedor de SFP pode descobrir que tem stock em stock, mas pode ter problemas em satisfazer a procura. Recomenda-se que a gestão de stocks faça parte da estratégia publicitária.

4. Fica alerta e procura ter sempre um plano B

Devemos estar sempre alerta para qualquer contingência, não se pode permitir que ocorram pequenos incidentes com impacto nas vendas, pelo que devemos estar prontos para os resolver os incidentes de forma rápida e ter sempre um plano B.

5. Dados do Prime Day

Temos tendência para pensar no Prime Day como um caso de um dia. Planeia continuar a melhorar as percentagens de vendas no futuro, promovendo os melhores produtos para aproximar os compradores com mais duvidas. O resultado do aumento do tráfego e da recolha de informação sobre os potenciais compradores é o melhor terreno para o planeamento de campanhas de redireccionamento programático através do Amazon DSP.

Um planeamento correcto e sucesso do Prime Day vão ajudar nas futuras campanhas e a uma melhor preparação para 2021.

 

Por Gonzalo de la Mata, 

Head of Global Agency Development at Molzi

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram