O mundo digital mudou o quadro empresarial, a maneira de vender, comunicar, informar e, acima de tudo, interagir. 2016 será o ano da maturidade online e é aí que todas as empresas devem estar para alcançar os melhores resultados e não desaparecer no atual darwinismo digital.

As marcas agora podem alcançar milhões de utilizadores com comunicações personalizadas e bidirecionais, independentemente do tamanho da empresa. A Internet permite que as empresas mantenham seus negócios abertos 24 horas por dia, 7 dias por semana, anunciem a um custo menor ou quantifiquem de formas mais fáceis e eficazes o investimento em campanhas promocionais.

Mas o desafio não mudou. Como é que os utilizadores da Internet podem tornar-se potenciais consumidores?

    • Desenvolver campanhas para os consumidores, agora também «prosumidores». O consumidor agora também é «prosumidor» (produtor de conteúdo) e saber o que ele diz sobre a empresa na Internet também ajudará a detetar erros e a responder de maneira precisa. É conveniente interagir com ele e perguntar o que ele pensa. Inclusive pode ser benéfico criar campanhas focadas especificamente nos perfis mais profissionais, como os chamados «influenciadores».
    • Criar um design web moderno, atual e funcional. Os utilizadores da Internet são mais propensos a fazer aquisições nos sites com um design profissional; não só atraente, mas também que atenda às suas necessidades básicas: estrutura previsível, atualização constante, busca interna, clareza e qualidade de conteúdo, imagens e vídeos de suporte, informações sobre a empresa, seção de contato, etc. Além disso, graças às ferramentas de análise da web, as conversões serão aprimoradas pela deteção de erros de usabilidade.
    • Dar destaque ao marketing de conteúdo. A arte de publicar conteúdo de qualidade e distribuí-lo gratuitamente é feita com a dupla ideia de fidelizar os clientes atuais e obter novos. Além disso, agrega valor à empresa e não é intrusivo (como anúncios tradicionais de TV ou rádio). Portanto, saber como o público nos vai direcionar é essencial. Em 2016 vão multiplicar-se as ferramentas responsáveis por detetar aspetos como compras anteriores, campanhas visualizadas, e-mails abertos, aplicações descarregadas, etc. para que as empresas ofereçam ao cliente um conteúdo personalizado e de qualidade.
    • Pesquise soluções para todos os dispositivos. As empresas devem ter em conta os novos formatos de acesso à Internet e adaptar as comunicações aos mesmos. Encontrar soluções para todos os dispositivos e dar acesso ao cliente de todas as formas possíveis é vital. Ter um design «responsivo» é, portanto, uma prioridade.
  • Usar recursos multimedia. Para ter uma participação efetiva nas redes sociais, é importante utilizar a multimédia viral (vídeos, motion graphics, imagens ou infográficos que permitam a viralização da informação), publicar em blogs corporativos e externos de grande posicionamento e segmentação e escrever newsletters. Isso também ajudará a melhorar o posicionamento dos mecanismos de busca e atrair tráfego para o site corporativo.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram