Artefact lança «Amazon Scheduler tool» para controlar e adaptar a a afectação orçamental

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Que a Amazon é o rei, ninguém duvida. Controla uma quota de mercado de 30% de todas as transacções de comércio electrónico na Alemanha e 20% em França, tornando-o um canal estratégico para as marcas em toda a região EMEA.

Nesse contexto, a Artefact criou uma ferramenta – que aproveita a API de anúncios patrocinados da Amazon e a integra ao programa Artefact Retail Suite – para controlar e adaptar a afectação orçamental de campanhas da Amazon de acordo com períodos-chave do dia. Esta ferramenta permite:

  • estabelecer o orçamento mais adequado para as faixas horárias ao longo do dia com base no comportamento dos utilizadores, a fim de evitar perdas de vendas
  • ajustar a estratégia de licitação de faixas horárias ao longo do dia de acordo com múltiplas variáveis, tais como: taxa de conversão e concorrência

Em 2018, 90% dos compradores da Amazon iniciaram a sua procura através da barra de procura e apenas 30% dos utilizadores chegaram à página 2, segundo a Artefact no seu site. Portanto, as marcas precisam garantir um bom posicionamento dos seus produtos estrela para gerar vendas.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba