O mundo está a mudar, algo está para vir, está a chegar a Portugal e à Europa e irá mudar o formato dos negócios, e esta mudança que está a chegar chama-se Amazon”. No passado Domingo estivemos no Kiai Live e ouvimos a sessão do Dylan Frost que conseguiu fazer a sua fortuna com apenas 600 dólares no cartão de crédito, a vender produtos físicos na Amazon.

A entrada da Amazon em Portugal tem sido algo muito falado e que assusta as empresas, mas o freelancer explica que ao mesmo tempo que poderá arrasar muitos negócios também pode ser uma oportunidade.

Até agora Dylan Frost e o seu sócio venderam 25 milhões de dólares na Amazon e ao expandiram para fora da Amazon venderam 38 milhões de dólares adicionais. Frost explica que “a Amazon cria crescimento. É preciso explicar que a Amazon é um Marketplace, ou seja, a maioria são vendedores terceiros como eu quando comecei

Quando o Dylan Frost começou em 2011 a participação do Marketplace da Amazon no retalho online nos Estados Unidos era de 7.5 biliões. Atualmente cresceu para 160 biliões, o equivalente a 31.3%, e a um crescimento de 2033% entre 2011 e hoje nos EUA. No país, 50% das vendas online são hoje feitas pela Amazon.

Dylan salienta que “isto mostra que existe uma tendência”, numa população de 327 milhões (EUA) , os americanos gastaram no online cerca de 501 biliões de dólares em 2018 enquanto os europeus no mesmo período e com uma população de 741 milhões gastaram 547 dólares.  Na Europa as vendas online realizadas pela Amazon são de 5 % em comparação com os quase 50% nos EUA. A presença da Amazon está facilitada pela geografia e “eles estão a entrar na Europa, têm armazéns em Espanha, Inglaterra, França, Itália e Alemanha e tem-se ouvido falar de possivelmente abrirem um no Porto” disse Dylan.

Como é que a Amazon pode ajudar?

Através do FBA (Fulfillment By Amazon). Se não tiveres os meios financeiros a Amazon tem um sistema já montado: Têm staff, distribuição/envios, já tê uma plataforma e website e já têm clientes, nacionais e internacionais, “podes vender desde Portugal para toda a Europa e tem a vantagem de não pagares até venderes o que dá a possibilidade de investir e crescer” ressalta Dylan Frost.

Para Dylan o segredo não está em como combater a Amazon, mas sim ir com eles, acompanhá-los. Dylan Frost avisou “a Amazon tem dinheiro e paciência suficiente para levar à falência toda a concorrência e fizeram-no nos EUA e fá-lo-ão também aqui. Eles operaram nos Estados Unidos a perder dinheiro durante 20 anos para ganhar marketshare e sufocar toda a concorrência e dominá-la. E conseguiram» .

O que vender na Amazon?

  • Revenda / arbitrário – Revender produtos das lojas de retalho
  • Marca Privada – fonte de produtos da china e criar a sua própria marca
  • Comércio Grossista – abrir contas de atacado com marcas e distribuidores existentes
  • Conteúdo digital – Publica os teus próprios ebooks ou livros físicos na Amazon

Como estar no TOP 5 dos produtos apresentados na Amazon ?

A probabilidade de um utilizador comprar um dos 5 primeiro produtos apresentados é muito elevado, portanto é muito importante conseguir que o teu produto esteja lá.

A Amazon escolhe os top 5 através de uma combinação de tráfego, conversão e customer experience. Dylan Frost referiu os 3 elementos chave para chegar ao topo da pesquisa na Amazon:

  • Imagens: Ter imagens que mostrem todo o produto e a ser utilizado
  • Bom copy: Título e bullet points que sejam atrativos e que refiram os benefícios e capacidades do teu produto
  • Reviews: Ter comentários positivos e com 5 estrelas e tentar obtê-los o mais rápido possível

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram