A sustentabilidade é um termo na ordem do dia. À medida que vamos tendo um percurso cada vez mais digital, também estamos a caminhar para um percurso mais sustentável.

A Black Friday IKEA deste ano verá a sua dinâmica invertida, de modo a atender às necessidades dos clientes, alertar para a sustentabilidade e avançar em direção a uma economia circular.

Buy Back Friday

Em 77 anos de história IKEA, nunca se viu igual. As lojas IKEA vão comprar de volta peças de mobiliário da marca, aos seus clientes. O objetivo é dar uma segunda oportunidade e uma nova casa aos produtos com pouca utilidade através do seu reaproveitamento sustentável para venda em segunda mão.

A campanha #BuyBackFriday irá decorrer de 24 de novembro a 3 de dezembro. Esta campanha tenta redefinir o conceito de Black Friday e, quem sabe, até vira moda! A intenção da IKEA é tornar o seu negócio mais sustentável e a promover serviços de economia circular, numa parceria com os seus próprios clientes.

Queremos oferecer aos nossos clientes soluções e alternativas sustentáveis para os artigos que já não precisam, mesmo que tenham sido úteis, funcionais e ajudado a criar memórias ao longo dos anos. Atualmente, estamos a explorar novos modelos de negócio para desenvolver ofertas comercialmente viáveis, atribuindo um ciclo de vida mais longo e benéfico para os produtos, desde o momento de compra ao momento que perde relevância nas nossas casas. Mais do que uma compra por impulso de artigos de que na verdade não precisamos tanto, durante a ‘Black Friday’, queremos ajudar os clientes a dar uma segunda vida aos seus móveis e a adotar um consumo mais responsável.

Helena Gouveia, diretora de marketing da IKEA Portugal.

Como funciona a Buy Back Friday

A Buy Back Friday funciona de acordo com estes três passos:

Passo 1: Preencher o formulário

«Diga-nos o que nos quer vender, utilizando o nosso breve formulário online. Quando preencher o formulário, vai receber imediatamente uma estimativa do preço de revenda dos seus móveis IKEA usados», afirma a IKEA.

Passo 2: Trazer para a loja

Numa segunda fase, é necessário levar a primeira estimativa e os móveis usados até ao Balcão de Trocas e Devoluções de qualquer loja IKEA, onde um dos colaboradores vai verificar o estado dos móveis para proceder a uma avaliação final.

Passo 3: Receber um cartão de reembolso

Quando a verificação estiver concluída, o cliente vai receber um cartão de reembolso IKEA com o valor final atribuído. Esse cartão pode ser utilizado na IKEA, até um ano após a data de emissão.

A visão da IKEA sempre foi criar um melhor dia a dia para as pessoas, o que agora significa tornar uma vida sustentável fácil e acessível para todos. Ser circular é uma boa oportunidade de negócio, bem como uma responsabilidade, e a crise climática exige que todos nós repensemos radicalmente os nossos hábitos de consumo. Mas só conseguiremos alcançar uma economia circular com investimento e a colaboração dos nossos clientes, outras empresas, comunidades locais e governos, para que possamos minimizar resíduos, criando um ciclo de reparação, reutilização, transformação e reciclagem.

Ana Barbosa, responsável de sustentabilidade da IKEA Portugal.

Assim, a marca anseia conseguir ter uma Black Friday mais sustentável. Substituindo as vendas-relâmpago e os grandes descontos pelo reaproveitamento ao comprar produtos antigos dos clientes.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram