Esta é a proposta do Supermercado Libre que faz tremer Coto, Walmart e Carrefour

Se bem que existem muitos cépticos sobre o sucesso do mercado de alimentos online, a verdade é que ainda existem grandes jogadores dispostos a fazer o mercado emergir fortemente.

Há alguns meses, o MercadoLibre informou que vai lançar o seu próprio supermercado online na Argentina e no Brasil em 2020 e irá vender produtos de consumo massivo. Tudo isto, depois de um teste piloto no México que parece estar a dar muito bons resultados. Agora, a empresa está a desafiar grandes cadeias como o Walmart, ao oferecer aos utilizadores entregas no mesmo dia.

Na empresa de consultoria eMarketer afirmam que a Argentina é o sétimo país do mundo em crescimento do comércio online (18,8%) e que a tabela de posições é liderada pelo México (35%). Ambos os países são duas das chaves do plano de assinatura de Marcos Galperín.

«É uma tendência global: o ecommerce está a passar pelas nossas vidas diárias e faz com que mais pessoas se voltem para o consumo online, motivadas pela procura de melhores preços e de maior financiamento» garante iProUP Karen Bruck, vice-presidente comercial do MercadoLibre.

O supermercado MercadoLibre: as soluções

Um dos principais desafios enfrentados pelas empresas do sector alimentar é a logística e a garantia de que as encomendas chegam o mais rapidamente possível. No entanto, a velocidade não é a única peça chave na equação porque, como em todos os mercados, o preço do serviço deve ser económico e mais ainda quando se trata de necessidades básicas, que têm um ticket médio inferior ao da electrónica ou da moda, por exemplo.

Como já foi referido, para resolver este desafio logístico, a empresa estabeleceu várias estratégias de transporte marítimo para reforçar o seu comércio electrónico. Graças a elas, registou uma faturação de $3,64 biliões na região só no último trimestre.

«O sucesso logístico depende da obtenção de remessas da maneira mais rápida e eficiente possível. Para isso temos o Mercado Envíos, que é a unidade de negócio focada no fornecimento de soluções logísticas. Para consegui-lo, trabalhamos com vários operadores«, diz Bruck.

Dentor do pool de fornecedores são empresas como Correo Argentino, Andreani e OCA, cujos serviços contam com o uso da inteligência artificial (IA) para poder oferecer a rota mais eficiente de acordo com a localização do vendedor e o domicílio do comprador.

«Acreditamos que também é importante oferecer diferentes opções para que os utilizadores vivam uma experiência de compra mais ágil e prática. Nesse sentido, destacamos o Flex, uma opção logística através da qual o vendedor tem a possibilidade de recrutar os seus distribuidores de confiança e coordenar as entregas através do aplicativo«, diz Bruck, segundo a meio citado.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba