A Fundação Repsol, através da Repsol Impacto Social, adquiriu 25,4% do capital da Koiki, uma empresa que aposta na distribuição sustentável da última milha e na inclusão de grupos vulneráveis no mercado de trabalho, como o primeiro investimento neste programa de investimento de impacto lançado em Julho passado.

Koiki é uma empresa social, que emprega 100 pessoas de grupos vulneráveis e tem 30 centros em Madrid, Saragoça, Huesca, Barcelona, Valência… entre outros, e que gere uma rede de micro centros urbanos para a distribuição sustentável da última milha, gerando impacto ambiental através da utilização de meios de transporte sustentáveis nas suas entregas, e impacto social, criando emprego para grupos vulneráveis.

Além disso, a Koiki tem duas linhas de negócio: a entrega, transporte de última milha, localizado em centros urbanos e centrado na entrega de encomendas recebidas de transportadores ou lojas online, e o porta-a-porta, centrado no transporte interurbano de encomendas, que vai desde a recolha no domicílio do cliente até à entrega ao destinatário final.

Com a criação deste fundo de investimento, a Repsol e a sua Fundação entraram no sector dos investimentos de impacto. O fundo, dotado de 50 milhões de euros, será utilizado para investimento e desenvolvimento de uma carteira de empresas sociais focadas em contribuir para o desafio global da transmissão de energia e gerar oportunidades profissionais para pessoas de grupos vulneráveis em Espanha e Portugal.

Os seus segmentos de atividade prioritários são a redução de emissões, a mobilidade sustentável, a economia circular, a eficiência energética e os produtos e serviços Eco. O objectivo é entrar numa fase inicial do desenvolvimento destas empresas e ajudá-las a crescer e a tornarem-se rentáveis.

A Repsol Impacto Social está actualmente aberta até 15 de Dezembro para atrair novas oportunidades de investimento através de www.fundacionrepsol.com/en

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram