Aliança entre a empresa sueca e o gigante asiático. O fabricante de móveis Ikea começou a vender através da Tmall, a plataforma de ecommerce do grupo chinês. Assim, o Ikea venderá os seus produtos em plataformas terceiras pela primeira vez, embora não comercialize todo o seu catálogo.

O Ikea aliou-se à Alibaba numa tentativa de atingir mais consumidores asiáticos, e nesta primeira fase irá comercializar mais de 3.800 produtos através da Tmall. Esta decisão chegou numa altura em que a empresa está imersa na maior transformação do seu modelo de negócio, que se tem mantido nos últimos 77 anos.

Jon Abrahamsson Ring, novo CEO do Inter Ikea, proprietário da marca, considera a iniciativa «um teste» e uma das muitas medidas que está a tomar no seu processo de transformação.

Embora não directamente, os produtos Ikea são por vezes vendidos em mercados como o da Amazon e este facto tem encorajado a empresa a dar um passo em frente. No ano passado, executivos da Inter Ikea descartaram a venda na Amazon porque sentiram que os desafios dessa venda eram maiores do que o esperado.

No entanto, permanece fiel à sua intenção de digitalizar a empresa e mudar o modelo de negócio que os tem acompanhado nos últimos 77 anos, para o qual escolheu a Alibaba como sua parceira.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram