Más notícias para a Macy’s. A empresa afirma que os prejuízos operacionais no primeiro trimestre deste ano vão exceder os mil milhões de dólares (atingindo 1,1 mil milhões de dólares no pior dos cenários e mantendo-se em 905 milhões de dólares no melhor dos cenários).

A Macy’s divulgou estes dados na passada quinta-feira, juntamente com uma previsão para os resultados.


Em declarações, e tendo em conta uma possível perda de milhares de milhões de dólares durante os primeiros três meses do ano, a empresa acaba por admitir que o comércio eletrónico não compensou as vendas que foram perdidas durante a pandemia e que é preciso abrir lojas físicas de forma urgente.

A empresa começou a reabrir em 4 de maio e hoje tem quase 190 lojas Bloomingdale Macy abertas. Nas próximas semanas, a empresa planeia abrir mais 80 lojas Macy’s.

Felicia Williams, que trabalha na Macy’s desde 2004 em várias posições financeiras, assumiu o cargo de diretora financeira enquanto a empresa continua a procurar um substituto para a CFO anterior, Paula Price.

Redução de Pessoal

A 1 de Abril, após ter fechado 775 lojas físicas, a cadeia informou que iria despedir a maior parte do seu pessoal pois estava «perto do limite«. Antes do surto de covid-19, empregava 125.000 pessoas.

As áreas menos afetadas pela onda de despedimentos foram a atividade digital, os centros de distribuição e os call centers, embora o número de empregados nestas secções tenha diminuído significativamente.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram