55,8% dos consumidores não se separam do seu telemóvel nas lojas físicas, uma vez que o utilizam para comparar os preços online dos produtos desejados. Esta é a conclusão do estudo «O Futuro dos Pagamentos 2020» da UniversalPay, uma empresa que fornece soluções de pagamento físico e digital, que também revela que o telemóvel está relacionado com uma série de tendências de consumo que estão em constante crescimento entre os compradores.

De facto, se mais de metade dos inquiridos não se separam dos seus telemóveis nos estabelecimentos comerciais para fazer comparações online, mais de um terço, 34,2% utilizam-nos também para tirar fotos de ofertas e publicidade, uma percentagem que sobe para 45% quando se trata de tirar fotos dos próprios produtos que despertam interesse. Além disso, quase 1 em cada 4 compradores utilizam os seus smartphones para pedir conselhos na Internet antes de comprar um produto, e quase 1 em cada 5 decide comprar online um produto semelhante ao que vê na loja física.


Como se constata no relatório, o telemóvel tornou-se um instrumento fundamental no desenvolvimento do m-commerce e dos m-payments, opções que contribuem para a consolidação do comércio unificado e dos pagamentos integrados, dois conceitos-chave para o sucesso definitivo da experiência do utilizador na digitalização dos pagamentos.

Jaime Domingo, Diretor Geral da UniversalPay, assegura que «estes hábitos de consumo, cada vez mais frequentes, favorecem a redução dos custos das lojas, geram uma maior comodidade e uma menor fricção dos consumidores no momento de enfrentar o processo de compra». Por este motivo, Domingo destaca, «é importante criar uma plataforma comercial comum que dê uma reviravolta à omnicanalidade, derrubando as paredes dos canais internos e centrando-se na experiência do utilizador».

Neste sentido, e de acordo com o estudo, o empenho das empresas no comércio unificado inclui também a implementação de APPs próprias para o telemóvel, soluções m-POS e outras ferramentas centralizadas numa única base de dados, ou seja, a integração de todos os canais de venda e todos os processos de compra, para otimizar os custos, gerar vendas incrementais e proporcionar uma experiência de utilizador unificada.

Para que esta unificação de canais seja completa e eficaz, é também necessário integrar o sistema de transação para ligar todos os canais comerciais com os terminais de pagamento da loja. Embora, de acordo com o relatório da UniversalPay «O Futuro dos Pagamentos», atualmente apenas 1 em cada 4 lojas integraram canais offline e online no mesmo relatório, esta é uma tendência ascendente que irá automatizar todas as operações diárias, reduzindo os tempos de gestão empresarial e integrando múltiplas operações de pagamento.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram