A Alemanha fechará 2019 com o seu comércio electrónico a aproximar-se da barreira dos 70 mil milhões. Espera-se um crescimento de 9%, 68 mil milhões de euros, até ao final de 2019. No ano passado, o comércio online do país já cresceu 9,1% e registou 63 biliões de euros.

A previsão vem da IFH Köln e é muito mais otimista do que as previsões anteriores da Handelsverband Deutschland, que previu que a indústria do retail online alemã valeria 58,8 ou mesmo 57,8 bilhões de euros.

A IFH Köln aponta que as taxas de crescimento online estão em declínio, enquanto o crescimento absoluto permanece estável. O crescimento absoluto foi de quase 5,5 mil milhões de euros em 2017, 5,2 mil milhões de euros no ano passado e deverá ser de 5,4 mil milhões de euros este ano.

De acordo com a IFH Köln, os motores de crescimento do negócio online, tal como nos anos anteriores, os bens de consumo de movimento rápido, o sector de bricolage e jardinagem e os bens domésticos e mobiliário. «O fraco crescimento dos mercados de moda e eletrónicos de consumo no setor retalhista como um todo também tem um impacto no comércio online«, explica o instituto alemão.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram