Os Americanos estão a perder milhares de milhões devido ao crime na Internet. Segundo o Relatório de Crimes pela Internet de 2019 divulgado pelo Internet Crime Complaint Center (IC3) do FBI, o ano de 2019 foi recorde tanto para as vítimas de crimes pela internet, com 467.361 queixas o equivalente a 1.300 por dia, quanto para as perdas de dólares nos Estados Unidos. Indivíduos e empresas perderam 3,5 mil milhões de dólares no total, um aumento em relação aos 2,7 mil milhões de dólares perdidos em 2018.

Os crimes de internet mais frequentes registrados em 2019 foram phishing, esquemas de não-pagamento/não-entrega e extorsão.

As reclamações mais caras do ano passado envolveram o compromisso de e-mail empresarial, fraude de romance ou de confiança e falsificação ou imitação das contas de pessoas ou vendedores. Donna Gregory, a chefe do IC3, afirmou «os criminosos estão ficando tão sofisticados» antes de acrescentar que «está a ficar cada vez mais difícil para as vítimas detectar as bandeiras vermelhas e distinguir o real do falso«. O FBI não viu um aumento em novos tipos de fraude em 2019, mas sim criminosos que empregam novas táticas e técnicas para realizar crimes já existentes.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram