Pela primeira vez, volume de negócios da Alibaba está estagnado

As medidas de controlo à Covid-19 na China fizeram com que o volume de negócios do Alibaba se mantive-se inalterado no último trimestre, sendo esta a primeira vez que a gigante do comércio eletrónico não cresce.

Apesar desta condicionante, os resultados são melhores do que o originalmente esperado dado que o volume de negócios do Alibaba, no último trimestre, foi quase o mesmo de há um ano atrás: 205 mil milhões de yuan, cerca de 30 mil milhões de euros.

Esta é a primeira vez na história da empresa em que não houve crescimento. As novas restrições à pandemia no país resultaram em menos compras, as fábricas voltaram a fechar e houve problemas de abastecimento.

Taobao, Tmall, Taocaicai e Freshippo

Nos marketplaces Taobao e Tmall as vendas de bens físicos caíram 10 %. Apesar disto, o supermercado online Taocaicai, que permite aos consumidores recolherem as compras no dia seguinte numa loja local, cresceu mais de 200 %, no último trimestre.

Os supermercados do grupo também bateram recordes online: na cadeia física Freshippo, 68 % das vendas já foram feitas online. Por isso, Alibaba quer concentrar-se ainda mais na entrega de alimentos e mercearia diária.

Daqui para a frente, vamos focar-nos em aumentar a nossa quota de carteira em diferentes segmentos de consumo“, afirmou o CEO, Daniel Zhang, num comunicado de imprensa.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Scroll to Top