O dispositivo móvel está cada vez mais presente no momento de realizar compras online e o crescimento que estamos a testemunhar nos últimos tempos é exponencial. De facto, de acordo com dados do IAB Spain, 77% dos utilizadores de smartphones em Espanha reconhecem ter feito uma compra online através do telemóvel durante 2017.

Tendo em conta o doce momento que o mCommerce está a atravessar em Espanha, as Trusted Shops, o selo de confiança na Europa, partilham quatro dicas para otimizar a experiência de compra dos clientes que desejam comprar através do mobile eCommerce:

  •         Ser direto no conteúdo é importante para otimizar os websites, mas é ainda mais relevante para otimizar as lojas online no telemóvel. Os compradores procuram respostas rápidas às suas perguntas sem terem de ler textos de quilómetros para encontrar o que procuram. No caso de querer oferecer mais conteúdo, é aconselhável incluir um link que coloque «ler mais» e redirecione para a versão web.
  •         Otimizar o tempo de carregamento para evitar a impaciência dos clientes. Ao minimizar folhas de estilo e ficheiros Javascript, pode reduzir-se o tamanho das imagens sem perder qualidade. Graça a este processo simples reduzir-se-á o tempo de carregamento e facilitar-e-á ao cliente a compra rápida, um facto chave para os clientes do mCommerce que normalmente não têm tempo a perder.
  •         Ajudar a que haja uma mudança de canal suave, incluindo um link que redirecione para a versão web, caso o cliente precise. Isso permitirá encontrar a informação que precise e apreciará ter a liberdade de escolher o canal desejado.
  •         Excluir os chamados «assassinos da conversão«: as lojas online não podem funcionar sem formulários, quer sejam boletins de subscrição, novos registos de utilizadores ou pesquisas; estão em todo o lado. No entanto, os formulários que têm um formato de baixa qualidade podem chegar a ser assassinos de conversão, especialmente se está a comprar um Smartphone ou Tablet. Para evitar o abandono do carrinho é importante ajudar o utilizador a preenchê-los, perguntando o que é estritamente necessário. Isto é conseguido utilizando as possibilidades oferecidas pelos softwares dos teclados dos telemóveis e HTML5. Desta forma, as lojas podem exibir o teclado alfabético para preencher os endereços de e-mail, e o numérico quando se trata de digitar telefones fixos ou telemóveis.

«Cada vez são mais os utilizadores que querem fazer compras on-line, mas não têm tempo para abrir o seu computador e pesquisar no imenso mundo da Internet. Oferecer uma fórmula mais simples e rápida, como uma app, será mais atraente, mas desde que esteja otimizada perfeitamente para que não haja problemas técnicos que possam determinar a compra«, diz Jordi Vives, Country Manager of Trusted Shops. «Às vezes nem sequer é necessário desenvolver uma app específica, se se oferece uma boa versão móvel é mais do que suficiente e, em muitos casos, mais aconselhável», conclui Vives.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram