Receber em peixe em casa, em tempo de coronavírus, é possível

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Com a crise do COVID-19 a preocupação está em não sair de casa e sim é possível receber alimentos como peixe em casa. É exemplo disso a empresa Silva Fish que está a fazer entregas de peixe em toda a zona de Lisboa e Alentejo.

A ideia na mente de Samuel Silva é fazer que o melhor do mar chegue às pessoas mesmo sem sair de casa e foi com este mote que decidiu lançar este negócio numa altura em que muitas pessoas passam muito tempo nos seus lares e só estão a sair dos mesmos quando é mesmo preciso.

Choco, dourada, carapau, corvina ou, até, preparado para caldeirada, são várias as opções que a Silva Fish tem à disposição.

«O Covid19 afetou a vivência pessoal e profissional das pessoas. Numa altura em que é recomendado o isolamento social e a quarentena voluntária, é importante que haja serviços e ofertas adaptados a esta nova realidade», explica Samuel Silva.

A Silva Fish dedica-se ao comércio por grosso de peixe, crustáceos e moluscos em estabelecimentos especializados, comércio a retalho, feiras e unidades móveis de venda de produtos alimentares. Tendo em conta a situação atual, a empresa passou a vender ao público e a realizar entregas em casa.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Lengua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
gdpr logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba