A Target está a seguir uma estratégia para conquistar um nicho no mesmo mercado de distribuição diária. A empresa, que já detém o serviço de logística Shipt, adquiriu à Deliv a mesma tecnologia de entrega no mesmo dia.

Os termos do acordo não foram divulgados, mas a TechCrunch afirma que o montante não pode ir até aos 550 milhões de dólares do custo da Shipt, uma vez que não se trata de uma aquisição direta das atividades da Deliv.


«A Deliv está em vias de concluir um acordo de venda de ativos tecnológicos à Target e o CEO da Deliv, juntamente com um subconjunto da equipa, vai passar para a Target«, disse um porta-voz da Deliv à TechCrunch. «A Target não está envolvida na liquidação. Estamos a trabalhar com os nossos parceiros na transição dos serviços de entrega a outros vendedores nos próximos 90 dias«, acrescentou.

De acordo com a Crunchbase, a Deliv angariou mais de 80 milhões de dólares em fundos de capital de risco e, a partir dessa fonte, afirmam que o preço de aquisição é irrelevante para a Target.

A Target já está familiarizada com a tecnologia Deliv, tendo trabalhado com este prestador de serviços de entrega em testes-piloto em 2019 e no início de 2020. A retalhista acredita que existe um potencial a longo prazo no que respeita à tecnologia Deliv, que agrega inteligentemente as encomendas em curso, algo que as suas anteriores aquisições da Shipt e da Grand Junction em 2017 não ofereciam.

O negócio deverá ser concluído no prazo de um mês e, como parte da aquisição, a Target lançou ofertas de emprego aos funcionários da Deliv, incluindo a fundadora e CEO Daphne Carmeli.

Entretanto, a Deliv alega que os salários dos seus empregados serão mantidos durante os próximos dois meses. As operações serão reduzidas por um período de 90 dias, o que significa que alguns membros da equipa permanecerão empregados durante os próximos dois meses enquanto procuram o seu próximo emprego. Os motoristas também continuarão a cumprir as suas obrigações durante este período, enquanto procuram outras oportunidades, diz Deliv.

Target a entregar no mesmo dia

Em dezembro de 2017, a Target adquiriu o serviço de entrega no mesmo dia da Shipt por 550 milhões de dólares. Desde então, a empresa lançou um site de compras com serviço de entrega no mesmo dia, impulsionado pela Shipt.

Mas ultimamente, a Target tem sido criticado pelas suas práticas em relação aos trabalhadores da Shipt, especialmente durante a pandemia da COVID-19. No início de abril, os compradores da Shipt entraram em greve para exigir uma política alargada de subsídio por doença, subsídio de risco e equipamento de proteção pessoal.

Com a recente aquisição, se a Target for capaz de maximizar o seu potencial, poderá ajudá-la a competir melhor com a Amazon e o Walmart, que investiram e adquiriram tecnologias logísticas inteligentes ao longo dos últimos anos.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram