A oferta está a tornar-se cada vez mais vasta e alargada, e a diferenciar da concorrência é vital para as empresas.

Em 0,05 segundos formamos a nossa opinião sobre um site a partir da sua aparência visual. Por isso, é altura de convencer um utilizador de que vale a pena ficar um pouco e dar uma olhadela.


Nós seres humanos tomamos 95% das nossas decisões a partir do subconsciente, incluindo as decisões de compra. E quem são os responsáveis por esta impulsividade? O cérebro reptiliano. Esta é a parte mais primitiva e intuitiva do nosso cérebro, responsável pela nossa sobrevivência.

Por conseguinte, o neuromarketing é uma das invenções do século XXI para persuadir os clientes e que os ecommerces devem ter bastante em mente.

  • Criar um ambiente agradável: um espaço onde os utilizadores se sintam confortáveis, para aumentar as possibilidades que voltem. No caso do comércio electrónico é fundamental um bom texto, que nos permita tomar decisões mais fácil e rapidamente.
  • Estimular os sentidos: O cérebro reptiliano é visual. O nosso cérebro responde a estímulos visuais antes de qualquer outro sentido, então deves introduzir imagens e vídeos no teu site. Embora se deva ter em conta que ir longe demais com os estímulos é perigoso e sobressaturar os consumidores produz stress e tédio. A experiência de compra não deve tornar-se avassaladora.
  • Inovar: Só porque uma estratégia funciona não significa que não devas experimentar coisas novas que ofereçam frescura e inovação ao cliente.
  • Apelar às emoções: Se conseguires contar uma história que nos emocione, muito melhor. Um grande exemplo que pode servir para as tuas estratégias de neuromarketing no Natal são as campanhas de loteria.
  • Identificar as necessidades do cliente: Quais são as necessidades do teu cliente? É essencial ter uma resposta clara a esta pergunta. Mas a resposta não tem de ser o teu produto. Pelo contrário, na maioria dos casos, as necessidades e «dores» dos clientes têm a ver com o emocional.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram