De acordo com os resultados do relatório do Facebook , feito a 50 países e regiões Europeias, Portugal é considerado o país mais pessimista na perspectiva da recuperação da PME’s a longo prazo, com apenas 39% de optimismo.

O impacto da pandemia sobre as empresas, ou por outras palavras, a dimensão da influência da pandemia no país, também é esclarecida no relatório, com 46% das pequenas e médias empresas (PMEs) a afirmarem que adesão ao digital, foi o que as salvou e que 25% ou mais das suas vendas foram feitas através do online. Com estes valores Portugal fica atrás da Irlanda ou Rússia, mas à frente da Espanha e França.


Na Irlanda e na Rússia, 65% da PMEs garantiram que 25% ou mais das vendas foram realizadas online, o que difere dos valores em Portugal. Em contrapartida Espanha e França obtiveram valores ligeiramente mais baixos, com 43% empresas de ambos os países a afirmarem que estão a apostar no online.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram