A Nike tira o intermediário da fotografia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A queda nas receitas da Nike chegou aos 38% no último trimestre devido ao fecho, forçado pela crise sanitária que vivemos, das lojas. Apesar das vendas globais da marca de desporto ainda tivessem diminuído 1% em comparação com o mesmo período do ano passado, as vendas aumentaram quase 70% em comparação com os três meses terminados a 31 de Maio.

E no trimestre seguinte, terminado a 31 de agosto, as vendas da Nike experienciaram uma recuperação. Os resultados melhores do que o esperado foram em grande parte impulsionados pelo negócio direct-to-consumer da Nike, que viu as vendas aumentar 12% em relação ao mesmo período do ano passado, para 3,7 mil milhões de dólares, e especificamente pelas vendas online da empresa, que cresceram 82% em relação ao mesmo período do ano passado.

Infographic: Nike Cuts Out the Middleman | Statista

As vendas «direct-to-consumer» são uma tendência a longo prazo para a Nike, como se pode verificar no gráfico anterior, e para outros gigantes do mercado: Retirar o intermediário e passar para a venda direta ao consumidor à custa de retalhistas tradicionais.  Em 2010 as vendas «direct-to-consumer» eram apenas 10%, este ano atingiram os 35%.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba