Amazon Day é o novo serviço da Amazon que permite os membros Prime recebam os seus pedidos no próprio dia de qualquer semana. O serviço foi criado em janeiro do ano passado e possibilitará aos clientes um maior controlo das entregas e redução de de embalagens, ao mesmo tempo que ajudará o gigante de ecommerce a atingir o seu objetivo final de entregas neutras em carbono e, convenientemente, economizar uma tonelada de dinheiro para a empresa.

Como mostra o gráfico a seguir, os custos de entrega e cumprimento da Amazon dispararam na última década, com os custos totais de logística a crescer mais de 20 vezes entre 2009 e 2019. Apenas no ano passado, os custos dos envios da empresa foram de US$ 37.900 milhões, com custos de atendimento (por exemplo, custos operacionais e de pessoal de centros de atendimento) somando outros US$ 40.200 milhões a uma pesada conta de logística. Enquanto a receita da Amazon também cresceu mais de 10 vezes desde 2009, isso não foi suficiente para compensar o crescimento dos custos de logística. Em 2009, os custos de entrega e de atendimento atingiram 15,6% das vendas líquidas. Em 2019, essa participação tinha subido para 27,9%.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram