Ontem, a partir do Ministério da Economia e da Transição Digital, o presidente da ACEPI, Alexandre Nilo Fonseca, apresentou as novas iniciativas do Programa Comércio Digital, direcionadas a ajudar a transformação digital dos comércios locais através de criação de suportes educacionais para o digital e fornecendo ferramentas para facilitar o processo.

No site do Comércio Digital será possível descobrir tutoriais para a criação de sites, uma academia de comércio digital, ciclo de webinars semanais, assim como está disponível apoio através de uma linha telefónica, vouchers para obtenção de registo de um domínio .pt e acesso a caixas de email e ferramentas para construção e alojamento de website e um selo de confiança que tem validade não só a nível de Portugal como da Europa.


Apesar da crise sanitária causada pela COVID-19 ter trazidos muitos problemas aos negócios, em paralelo veio provocar o desenvolvimento do ecommerce em Portugal com o seu volume a atingir valores superiores ao dobro e a atrair novos consumidores de faixas etárias mais velhas levando o sector a atingir um nivel de profundidade grande no nosso país.

Segundo João Vieira Lopes, Presidente da CCP, «pela primeira vez a maior parte dos sites utilizados são de Portugal, sendo que Portugal era conhecido pelo país em que a maior parte da aquisição era em sites de outros países, permitindo-nos dar um salto qualitativo no comércio de proximidade«. O comércio de proximidade será o foco desta fase do programa e das iniciativas apresentadas pelo . O consumidor português no digital está mais conhecedor e sofisticado e o comerciante tem que acompanhar esse crescimento.

Da parte do Governo, Pedro Siza Vieira, Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital reforçou o apoio do governo aos comerciantes recordando que «o nosso plano de estabilização económico e social tem medidas muito importantes para o sector do comércio quer na parte digital quer noutras áreas que são absolutamente essenciais para a modernização do nosso comércio«.

Esta iniciativa junta a Associação da Economia Digital (ACEPI) e a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) com o apoio do governo. O Programa Comércio Digital teve inicio em 2019 com o objetivo de ajudar na digitalização de 50 mil micro e PME’s portuguesas, do setor do comércio e serviços.

 

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram