Há mais de uma década, quando o Cisco Mobile Visual Networking Index (VNI) começou, o tráfego móvel (ou telemóvel) representava menos de 5% do tráfego IP total nas redes globais. Atualmente, o papel e a utilização das redes móveis aumentaram enormemente.

O acesso móvel para consumidores e empresas aumentou à escala global. O maior alcance e qualidade da banda larga móvel geraram uma enorme procura de comunicações móveis, serviços multimédia e aplicações IoT móveis.

De acordo com a atualização das previsões deste ano (2017-2022), o tráfego móvel está prestes a atingir um Zettabyte anual no final do período de previsão. Até 2022, o tráfego móvel representará quase 20% do tráfego IP global e atingirá 930 Exabytes por ano. Isto é quase 113 vezes mais do que todo o tráfego móvel global gerado apenas dez anos antes, em 2012.

No país vizinho, o tráfego de dados móveis será multiplicado por seis entre 2017 e 2022 (crescimento ano-a-ano de 43%), alcançando 6,3 Exabytes[por ano em 2022 (1 Exabyte em 2017) e representando 12% de todo o tráfego IP do país (fixo e móvel).

As tecnologias móveis continuam a conectar mais pessoas e objetos do que nunca. Em 2017, havia cinco mil milhões de utilizadores móveis no mundo todo, mas nos próximos cinco anos esse número aumentará em 700 milhões para 5.700 milhões de utilizadores, representando aproximadamente 71% da população mundial.

Até 2022, haverá mais de 12 mil milhões de dispositivos e conexões IoT móveis (em comparação com nove mil milhões em 2017). Até 2022, as redes móveis suportarão mais de 8.000 milhões de dispositivos móveis pessoais e 4.000 milhões de conexões IoT.

Em Espanha, haverá 103 milhões de dispositivos e ligações IoT móveis em 2022 (2,2 per capita), contra 63,7 milhões em 2017 (aumento anual de 10%). As ligações IoT móveis representarão mais de metade (50,3%) do total (51,8 milhões), contra 13,6 milhões em 2017 (21,3%).

O relatório atualizado também destaca os esforços contínuos das operadoras móveis em todo o mundo para melhorar o desempenho da rede móvel. A velocidade média da rede móvel global mais que triplicará, passando de 8,7 Mbps em 2017 para 28,5 Mbps em 2022. A velocidade móvel varia significativamente de acordo com a área geográfica, à medida que a adoção da 5G começa a acelerar em algumas regiões. No país fronteiriço, a velocidade média da rede móvel mais que quadruplicará, passando de 15 Mbps em 2017 para 66,7 Mbps em 2022 (aumento ano-a-ano de 34,8%).

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram