As vendas online cresceram cerca de 30% ultrapassando os 150 milhões de euros. Estes valores representam 2,38% sobre o total da faturação do grupo durante o último ano fiscal. Segundo o Relatório Sonae Vendas Preliminares de Retalho 2018, a área de retalho da Sonae encerrou 2018 com vendas superiores a 6.300 milhões, tendo sido os meses de outubro a dezembro o melhor trimestre da empresa, com uma subida de 9,3%. A Black Friday e o Natal receberam principal destaque como período importante para o aumento das vendas.

Para Miguel Mota Freitas, CEO da Wortenas insígnias da ISRG tiveram um desempenho de vendas muito positivo durante 2018, registando fortes níveis de crescimento e reforçando a nossa posição como segundo maior grupo retalhista de desporto na Ibéria, ao mesmo tempo que executámos com sucesso o plano de criação de valor para a empresa. Estou mais confiante do que nunca que iremos melhorar ainda mais as nossas propostas de valor e que iremos continuar a crescer em todos os nossos formatos tanto em Espanha como em Portugal.”

A Sonae salientou o facto do comércio eletrónico já representar cerca de 2,5% da faturação da empesa, sendo que a Worten sozinha viu o crescimento dois dígitos Clic para tuitear

O investimento na ampliação do número de lojas físicas foi uma das estratégias do grupo mas os resultados de 2018 também receberam o contributo das vendas online, com fortes níveis de crescimento em todos os negócios, principalmente quando falamos da Worten, Sonae MC e ISRG. A Sonae salientou o facto do comércio eletrónico já representar cerca de 2,5% da faturação da empesa, sendo que a Worten sozinha viu o crescimento dois dígitos tanto em Portugal e como em Espanha. Segundo Miguel Mota Freitas2018 também acelerou a transformação digital com um peso cada vez maior das vendas de e-commerce e com o lançamento de um marketplace em Portugal.”

A unidade da Sonae “Sports&Fashion” não se deixou ficar atrás e “recuperou no último trimestre tendo sido capaz de crescer acima do mercado, terminou 2018 com uma evolução de vendas positiva nas principais marcas do portefólio, apesar de ter sido um ano bastante difícil para todo o setor”, afirma Luís Reis, CEO da Sonae S&F. A Salsa, que faz parte da área de Sports&Fashion, foi uma das marcas que viu as vendas online aumentarem consideravelmente em 2018.

Mantenha-se informado das notícias mais relevantes em nosso canal Telegram