Grupo GAFAM regista aumento no primeiro trimestre de 2020

Tal como se sabe, devido ao Covid-19, muitos foram os setores afetados por esta pandemia e que lutam pela sua sobrevivência. No entanto, pelo menos para já, as empresas tecnológicas mais notáveis não estão a ter esse problema.

Apesar de a China ter atingido o pico do surto de COVID-19 em fevereiro e de o vírus ter começado a espalhar-se rapidamente em todo o mundo no início de março fazendo com que houvesse bloqueios generalizados na Europa e nos Estados Unidos, as empresas do grupo GAFAM – Google, Apple, Facebook, Amazon e Microsoft – registaram um aumento positivo ao longo dos primeiros três meses de 2020.

Embora estes resultados sejam positivos, tal como se pode ver no gráfico, a Apple foi a única empresa que não registou um aumento de dois dígitos, devido a ter sido a empresa mais afetada porque sofreu os efeitos de oferta e procura na China.

No que diz respeito às receitas publicitárias do Facebook, estas aumentaram 17% de ano para ano.

No entanto, devido ao Covid-19 «Sofremos uma redução significativa na procura de publicidade, bem como uma consequente diminuição dos preços dos nossos anúncios, nas últimas três semanas do primeiro trimestre de 2020«, refere o comunicado de imprensa oficial, e afirma também que «vimos sinais de estabilidade refletidos nas primeiras três semanas de Abril», com as vendas de publicidade praticamente estáveis em comparação com o ano anterior.

No entanto, Facebook teve resultados positivos em relação aos utilizadores, havendo assim um maior envolvimento e utilização por parte das pessoas para se ligarem àqueles e às empresas que mais gostam.

Assim, a empresa tem agora três mil milhões de pessoas ativas que são definidas como «um utilizador registado e com sessão iniciada no Facebook, Instagram, Messenger e/ou WhatsApp que visitou pelo menos uma destas aplicações através de uma aplicação de dispositivo móvel ou utilizando uma aplicação web ou um browser móvel nos últimos 30 dias a partir da data de medição«.

Neste gráfico é possível ver as últimas informações disponíveis sobre a quantidade de pessoas que utilizam cada uma das redes sociais/mensagens.

O facto de as pessoas terem de estar em isolamento, faz com que muitos tenham de trabalhar, estudar, entre outros, a partir de casa.

Assim, durante a chamada de lucros da Microsoft para o terceiro trimestre de 2020, o CEO Satya Nadella revelou alguns números: as equipas Microsoft estão agora a ser utilizadas por mais de 75 milhões de pessoas por dia. É seguro dizer que o trabalho remoto é quase como uma obrigação durante a pandemia da COVID-19 recorrendo à Microsoft Teams.

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba