SMV20 realiza palestra sobre o LiveCommerce

Ocorre entre 24 e 28 de agosto a SMV20 (Semana Marketing e Vendas), com inúmeras palestras online, sobre temas relacionados com o e-commerce. Assistimos à palestra «Inovação e novas perspectivas do e-commerce: LiveCommerce″.

O tema abordado no decorrer da palestra foi o LiveCommerce. O convidado da palestra foi IN Hsieh, CEO da Chinnovation — empresa que acelera os negócios digitais entre a China e o Brasil.

«O LiveCommerce é a junção de live streaming de vídeos e de e-commerce e tem uma parte de interação como o Instagram com as pessoas a fazerem comentários e a reagir», é assim que IN Hsieh define o LiveCommerce. O mesmo vê este método de venda como algo muito parecido como um live no Instagram, em termos visuais. Nos comentários as pessoas podem observar aquilo que os outros compram. Neste caso, quantos mais comentários a dizer que uma determinada pessoa «comprou o produto» melhor, pois isto equivale a um aglomerado de pessoas dentro de uma loja física e é sinal que a loja é boa.

O CEO da Chinnovation, vê muitas dinâmicas no LiveCommerce. «É como os programas de tv shoptime», afirma. Enquanto no e-commerce a taxa de conversação é de 1 e meio a 2 por cento, no Livecommerce essa taxa pode chegar aos 10% ou até 20%.

Vantagens do LiveCommerce

De acordo com o que foi mencionado, o LiveCommerce apresenta algumas vantagens:

  • Interatividade, pois existe a possibilidade das pessoas reagirem ao que estão a ver;
  • O vídeo pode ser feito em qualquer lugar, no escritório ou até mesmo numa loja física;
  • Participação de influencers e aqui podemos destacar 4 tipos:
  1. Influenciadores digitais, normalmente já conhecidos e levam os consumidores à venda;
  2. Pessoas normais, podem ser, simplesmente, vendedores de loja;
  3. Donos das empresas ou CEO′s, que por norma transmitem mais segurança;
  4. Consumidores, que compram e dão a opinião, normalmente boa.

Neste segmento, um dos negócios que mais tem evoluído é o de agro-negócios. Neste negócio, os produtores rurais fazem lives (diretos) no meio de campos agrícolas no interior de qualquer lugar do mundo.

Relação com o VoiceCommerce

É também feita uma relação com o VoiceCommerce.

«O LiveCommerce tem um conteúdo de entretenimento que o desenvolve muito mais. O Voice é uma comodidade para situações em especifico e tem um entrave, porque precisa que o usuário seja proativo.», atira o CEO da empresa chinesa.

Analisamos que muitas marcas estão a optar pelo VoiceCommerce e que existe existe uma grande possibilidade de se tornar um canal de venda no futuro.

Desvantagens no LiveCommerce?

A verdade é que não basta só ter uma pessoa à frente de uma câmara e a tentar vender um produto. Sendo assim, LiveCommerce é uma junção de áreas muito diferentes, de vídeo e e-commerce. No decorrer de um direto pode acontecer algo inesperado e que faça com que as pessoas percam o interesse. Pode acontecer, durante a transmissão do vídeo alguém cair da cadeira ou até mesmo acabar o produto. Por outro lado, pode também surgir alguém a reclamar que um produto não foi entregue.

Levando-se em conta o que foi observado, o LiveCommerce tem um dinamismo muito diferente do e-commerce normal, pois tem muito mais interatividade. Relativamente à taxa de precisão, essa é maior no LiveCommerce do que no e-commerce.

 

 

QUER RECEBER NOSSA NEWSLETTER

INSCREVA-SE
Os campos marcados com * são de preenchimento obrigatório
Email: *
Língua: English (English) Português (Portugese) Español (Spanish) *
Nome: *
Empresa: *
Cargo:
Sector:
Aceito receber a newsletter e as comunicações da Ecommerce News de acordo com a Política de Privacidade:
Aceito receber comunicações comerciais:
GDPR logdate ok:
Please don't insert text in the box below!

Deixe um comentário

Tu dirección de Email no será publicada.

PODE GOSTAR

POSTS MAIS RECENTES

Pode interessar-lhe

JUNTA-SE A NÓS?

POSTS MAIS COMENTADOS

Ir arriba